Social Icons

twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemail

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Análise: Cannon Spike


Uma das maiores qualidades do Dreamcast esta nos portes perfeitos dos Arcade, e que muitos jogos até chegaram com uma qualidade superior aos dos Arcade isso reflete em jogos com experiencias novas ainda mais estando no conforto do sofá de casa, e por falar em jogos perfeitamente portados para o Dreamcast temos Cannon Spike  que foi um jogo exclusivo para o console da Sega é ai ficou curioso para saber mais??



A conversão de Cannon Spike foi tão perfeita que infelizmente ele não veio com nenhum modo de jogo adicional somente um modo galeria podendo assim deixar o valor de repetição muito baixa, mas vale apena citar que o jogo é sim divertido ele trás em sua bagagem personagem de peso da Capcom  como Mega  Man, Charlie e Cammy entre outros, assim para alguns essa valor de repetição poderá aumentar já que cada personagem possui suas características de ataques e dentro de cada uma delas possui uma variante entre ataque fracos e fortes também com ataques especiais que conseguimos com o gatilho L, apertando o gatilho R podemos fixar por alguns segundos em um oponente e mesmo indo de um lado para outro o nosso ataque será direcionado a ele.  

Cannon Spike tem 7 dificuldades que escolhemos antes de começar o jogo, e sim ele não é um jogo fácil não pelo contrário vamos suar para passar ainda mais se estivermos jogando sozinho, após selecionarmos os personagens vamos para o jogo onde a ação será frenética a regra é simples atirar em tudo que se mover na tela cada botão será um ataque diferente então para aqueles que procuram exploração de cenários podem ficar decepcionados, também não há elementos de jogos de plataforma então esqueça os pulos, agachar entre outros ele é um Shooter mas usando personagens e não naves como o de costume.   

Graficamente falando ele é bom para a época que lançou nada que aproveitasse o poder total do Dreamcast mas ainda sim trás boa animação e belos efeitos, porém assim como os jogos de Arcade da época ele é bem pobre pois não possui Cutscenes para nos colocar dentro da história que existe só para justificar os acontecimentos no jogo já que ela aparece em um paragrafo no inicio do jogo, mas acredito que muitos que jogam acaba ignorando este fato já que eles sabem que estão num universo de Arcade e a diversão do jogo é o que vale, teremos 7 personagens para escolher e os modelos de cada um esta muito bem construído.

Considerações Finais: Cannon Spike é muito divertido porém alguns pontos negativos existem e o que mais incomoda é que o jogo é curto e não possui outro modo( somente um modo Galeria) de jogo para aumentar o valor replay o que ameniza é que temos 7 personagens para escolher e os cenários aparecem randômicos é claro temos 3 créditos isso faz com que o jogo seja mais difícil mas logo se acostuma é os 3 créditos não será mais um obstaculo, ele vale sim estar na sua coleção é recomendadíssimo mas lembrando que ele é curto não possui nenhum modo diferente, com gráficos bom, músicas que lembra os da serie Street Fighter esse vale apena até mesmo pela raridade. Nota: 8/10.



Desenvolvido Por: Psikyo
Publicado Por: Capcom
Lançado em: 17 novembro 2000




2 comentários: